Características do Marketing.

Alguns estudiosos definem a palavra americana Marketing como “mercado em movimento” ou apenas “estudo do mercado“. Alguns optam por gestão de percepção do mercado, ainda outros colocam Marketing em vendas no mesmo plano. Outros dizem que vendedores são marketeiros. E que a visão de Marketing é uma projeção do capitalismo mal. Mas o que é de fato Marketing?

Entenda o que é Marketing? (Foto: Reprodução/Internet)
Entenda o que é Marketing? (Foto: Reprodução/Internet)

Geralmente todos os textos que tentam explicar o termo ‘Marketing’ possuem cauda longa e no fundo não explicam o que é de fato Marketing. Se não se contradizem antes, apenas deixam aquela sensação de sala vazia.

Marketing é um MERCADO EM MOVIMENTO. E é um estudo prático aliado á algumas teorias, sem se prender nelas, já que o estudo em si é totalmente ação, que visa determinar um vendedor/produtor e um comprador. Simples? O que se complica?

Marketing não é uma simplicidade que um vendedor de bananas pode ser considerado. Quem vende não necessariamente entende do mercado, pode ser apenas um agente final, aquele em que o produto já bem intencionado, dirigido, construído, definido, adorado, tem por objetivo tornar concreto sua circulação (a venda propriamente dita).

Marketing vs Publicidade.

Publicidade é uma ação de tornar algo público. Não vou entrar em jargões técnicos que é para deixar bem acessível o que de fato é um e outro. Se você é responsável por tornar algo público, qual é sua tarefa? Informar e apresentar um produto, não é? E o que Marketing faz? Ele é o responsável em criar a mensagem, em identificar que tipo e porque esta mensagem é de fato assim. É notar que tipo de pessoa irá atender a esta informação.

Quando uma personalidade é apresentada ao público, existe por trás toda uma gestão de informações, que podemos considerar como “centro de informação ou centro de inteligência” que coleta dados significativos e relevantes á aquela personalidade. Um exemplo prático é uma personalidade que precisa se apresentar a um jantar de negócios numa determinada localidade.

O papel do Marketing vai ser coletar tudo sobre esta localidade, tudo sobre a cultura, tradição, características, fatores de consumo, fatores de comportamento, análises geográficas, demográficas, avaliar reações, avaliar ponto positivo e negativos. E montar um perfil da localidade.

E mapear como se portar num jantar de negócios. Etiquetas, vestuários, maneiras, formalismos e etc. Para então a personalidade estar de acordo com aquele ambiente. Sem criar contrastes desnecessários, operando para a garantia de que tudo saia conforme o esperado e se possível abrir oportunidades.

O publicitário será o responsável por aplicar este “estudo” que o Marketing realiza.

Marketing vs vendedor.

Vendedor não necessariamente sabe marketing. Não, não parece absurdo. E nem ilógico se é essa a impressão que você teve ao ler. Se você é um frequentador até mesmo mediano de centros comerciais grandes como Shoppings, já deve ter percebido que os vendedores se atrapalham caso você faz uma pergunta muito fora do script que eles aprendem antes de realizar uma venda.

Este atrapalho é identificado como “Eu sou sei até onde me disseram”. Naturalmente um curioso vendedor já se caracteriza como um principiante de Marketing, ainda tem muito chão para andar, mas existe já o primeiro passo que é entender o produto mais do que ele se apresenta. Existe uma história, todos concordam? Existe uma origem. Se não houver entendimento disso, o produto é um produto como qualquer outro.

E atualmente: DIFERENCIAL é uma palavra já exigida como um requisito comum. E até definido como uma qualidade funcional obrigatória. Produto sem diferencial, apenas um fator de decisão de compra é considerado, o PREÇO (Super Market? Rsrsrs) – mas é a pura verdade.

Vendedor que não sabe sobre este “movimento”, desse comportamento, dessa evolução na decisão de compra. Apenas esta repassando um produto. Muitos se utilizam de técnicas de push SELL (conhecido como “Vou vender goela abaixo”) tem outros que vendem baseado em promoção. Mas não há uma relação, uma história por detrás disso.

Razão pela qual só neste ano de 2013, já foram relatados de atendimentos em lojas por vendedores abaixo da média. Porque o processo de entendimento do mercado ao redor daquele produto já finalizado em suas mãos, contribuem para que o atendimento seja logicamente eficiente.

Então um vendedor não significa que ele seja um entendido de marketing.

Marketing e Administração.

Marketing tem uma relação estreita com administração. Extremamente voltado para o gerenciamento de informações, que pode ser considerado como um verdadeiro centro de inteligência de informação.

Quando iniciei o MBA de Marketing, ouvi a sigla CIA uma dúzia de vezes. O Marketing não é uma prática de venda, não é uma pessoa voltada a definir preços ou promoções. É justamente um agente de inteligência que vai criar, promover, gerenciar, executar, tratar, definir, moldar, abstrair e montar um negócio.

Há alguns anos os profissionais de administração de empresas já possuem esta consciência. ADM é uma similaridade óbvia com o MKT. Muito embora, os dois estudos, as duas ciências são complexas em seus contextos. Uma empresa mesmo sem fim lucrativa, ainda esta inserida num sistema econômico, e precisa mesmo assim pensar com uma mente capitalista.

Oferta e demanda. Marketing é uma administração de dados, é também parte de um processo de filtração, de transformação, de prospecção e formação. Não estamos apenas falando de um produto tangível ou intangível. Ou algo que uma pessoa possa de fato consumir. Mercado tem uma visão maior – aí é que entramos no problema da contradição.

Lembram que eu disse que o Marketing é um mercado em movimento que define-se entre um vendedor e um comprador. E no entanto agora falo que marketing é maior que isso. A contradição existe porque Marketing não pode ser definido como apenas um “espaço”  entre um negócio. Marketing é na verdade o universo que nos rodeia e o que estamos inseridos. Tudo de fato é uma troca. Tudo que tem uma ação…tem uma reação.

Marketing é um estudo de troca intensiva, e que visa um aperfeiçoamento de ambos os lados (comprador e vendedor) baseado em suas necessidades. Essas necessidades podem ser identificadas como: Mais dinheiro, melhor estilo de vida, comprar o carro do ano, conquistar popularidade, viajar e etc.

Artigos para estender o estudo.

Curta Mundo Pauta | Siga @Mundo_Pauta

Pense Marketing.

Anúncios