Em 1950, no mesmo ano em que o Brasil, pela primeira vez participou como país sede da Copa, o estádio que faz o símbolo do carioca, que é chamado carinhosamente como Maraca (Barulho de Chocalho), aos gritos do “O Maraca é nosso”, nasceu em 16 de junho.

Novo Maracanã estreia, pela segunda vez, numa Copa (Foto: Reprodução/Mundo Pauta)
Novo Maracanã estreia, pela segunda vez, numa Copa (Foto: Reprodução/Mundo Pauta)

 

Da Redação.

Foi ali que Pelé em 19 de novembro de 1969 por efeito de um Pênalti, fez seu milésimo gol e  neste mesmo ano que a ‘Águia americana pousou’ na superfície lunar em 20 de julho, um pequeno passo para um homem e um grande passo para humanidade. Foi neste estádio que o Brasil sediou a copa pela primeira vez. E agora, 64 anos depois, a Copa volta para um Maracanã que foi reformulado, que substituiu degraus de pedra por cadeiras, que mudou a forma do brasileiro de ver o futebol santo de cada dia.

Maracanã que na língua Tupi quer dizer Papagaio, que no folclore brasileiro tem sua origem á um menino guloso que engolia á tudo que via, sem ao menos mastigar. Sua mãe para lhe dar uma lição conveniente, assou sementes que ficassem pelando. O menino as engoliu e fazia barulhos tentando pôr para fora, e os sons eram semelhantes ao Papagaio – “Crá-Crá-Crá”. As palavras carinhosas dado pelos frequentadores, Maracanã é Maraca, é nosso.

 

Anúncios