Você aceitaria receber ordem de alguém que poderia ser seu filho?

Não é incomum encontrarmos no ambiente de trabalho conflitos entre interesses. E menos incomum ainda, em receber ordens de ‘novatos’. Imagine que você tenha que agora prestar contas com um supervisor que poderia ser o seu filho? Tudo se complica, ainda mais, quando as gerações dentro das empresas não são bem compreendidas. Atente para este texto, e descubra a oportunidade de combinar diferentes ‘épocas’ para promover um empreendimento inigualável.

O encontro de gerações dificultam os relacionamentos profissionais, sempre? (Imagem: Reprodução)
O encontro de gerações dificultam os relacionamentos profissionais, sempre? (Imagem: Reprodução)

No cinema ontem (26) assisti a terceira sequência de Mercenários. Mal me lembrava da história dos anteriores, mas me chamou mais atenção na própria história, era da união de um time novo com um antigo. O que os ‘novos’ e os ‘antigos’ podem nos ensinar. Cada um com sua vantagem e desvantagem. E o mais interessante é que eles conseguiram num momento de crise abraçar essa ‘fusão’ que na vida real, tem acontecido, sem mais delongas.

Qual é a vantagem de ter um time formado por velhos lobos do mar e as mais novas tartarugas ninjas? Novidade requer imaginação e estar antenado o tempo todo. E antiguidade significa ‘experiência’. Ter experiência não é algo que se ‘pega’ ao beber água. É com prática, portanto nada mais sábio que usufruir de um time que superou obstáculos, antes, bastante complicados sem a tecnologia que dispomos hoje.

E também não esqueçamos, os ‘antigos’ não podem apenas abraçar suas soluções, os ‘novos’ também as possuem. Vivemos neste mundo que já teve outra cara, e agora tem se movido á base de dados por segundo, não há necessidade em muitos casos de trafegar de um ponto A para o B, ás vezes só é preciso estar em um único lugar e comunicar-se com vários ao mesmo tempo. Seria obra de bruxaria tentar descrever esse tipo de realidade há 30 anos.

O longa demonstra muito bem, que os antigos não vão contra a evolução. Apenas que com o foco no objetivo, os torna mesmos resistentes á essa mudança. Um conflito aqui e ali, mas nada que coloque uma operação numa perda total de somas. Mercenários 3 não deixa de lado também que ‘estamos’ ás vezes fora de moda. Como disse, ´’as vezes’. Nossa sociedade possui um disparate temporal, não importa quem seja, abrace a tendência e foque no objetivo, e tudo mais será apenas ‘adversidade’ de percurso.

Anúncios