Francês comanda a Mesbla, dá nome á praça no Maracanã.

Louis La Saigne francês que teve residência no Brasil, comandava a empresa Mesbla na filial de Buenos Aires, antes de assumir a administração da empresa no Brasil. Criada em 1912, e decretado a falência em 1999. Na Tijuca, a Mesbla ficava onde esta o atual Hipermercado Extra na Rua Conde de Bonfim na altura do logradouro 200, na frente do Hortifrutti. A praça que leva o nome de Louis La Saigne fora construído em colaboração com o Shopping Tijuca.

Praça Luis La Saigne - Tijuca (Foto: Rafael Junqueira/ Mundo Pauta)
Praça Luis La Saigne – Tijuca (Foto: Rafael Junqueira/ Mundo Pauta)

Em 1924, Louis La Saigne elevou o estabelecimento no Rio de Janeiro a uma condição de autonomia, com o nome de Sociedade Anônima Brasileira Estabelecimentos Mestre et Blatgé. E apenas em 1939 foi denominada Mesbla S.A, a ideia do nome nasceu da combinação dos nomes Mestre et Blatgé. Ele deixou um legado para suas quatro filhas, faleceu no dia 18 de janeiro de 1961.

Entrada da Praça La Saigne - Tijuca (Foto: Rafael Junqueira / Mundo Pauta)
Entrada da Praça La Saigne – Tijuca (Foto: Rafael Junqueira / Mundo Pauta)

Infelizmente a praça está ABANDONADA, e no momento que realizei estas investigação, tinha dois mendigos dormindo nela.Totalmente aberta, com as grades quebradas, com tudo entregue ás baratas. Há um aviso na lateral da escada pela entrada rampa ao lado direito da escada, que diz o horário de funcionamento 7:00 – 21:00, uma placa pichada e riscada. E que contém uma câmera de vigilância 24 horas. O parque estava aberto ás 5:45 da manhã, e não presenciei nenhuma câmera.

Tanto os muros externos, como parte da praça está desprezado. Seria um excelente lugar para passar o dia, levar as crianças, um espaço agora exclusivo da Saênz Peña, que apesar da revitalização, que anda sofrendo para oferecer aos moradores do bairro e visitantes o melhor, não é o ponto ‘turístico’ do bairro. E essas é uma das poucas praças que mostrei no blog. Há mais conhecida na altura do Uruguai que passou por uma renovação dos brinquedos, a praça dos Cavalinhos.

No entanto a praça Luis La Saigne, conforme uma reportagem realizada pelo jornal O Globo na data de 26 de junho de 2013, relatou que a rotina dos moradores próximos ao Shopping Tijuca como a Rua Engenheiro Enaldo Cravo Peixoto, principal via que cobre todo o caminho até a Avenida Maracanã em duas saídas, é que há uma aglomeração de vândalos e drogados na área. A praça acaba virando um foco de marginais, tornando o local menos atrativo.

Áreas divididas por idade - TIjuca (Foto: Rafael Junqueira / Mundo Pauta)
Praça Luis La Saigne – TIjuca (Foto: Rafael Junqueira / Mundo Pauta)

A ideia é muito boa, cada parte da praça é dividida em áreas cercadas com brinquedos próprios para o tipo certo de idade. Feito a partir de madeira. No entanto estão gastos e sem manutenção correta. Qualquer uso delas agora poderia acarretar um risco para qualquer criança ou usuário. Sem falar da sujeira de papel, embalagens e ladrilhos quebrados. Ao lado oposto á esta imagem, outro cercado para crianças ainda mais jovens, está quase no chão.

Placa e grade caindo na Praça Luis La Saigne - Tijuca (Foto: Rafael Junqueira /Mundo Pauta)
Placa e grade caindo na Praça Luis La Saigne – Tijuca (Foto: Rafael Junqueira /Mundo Pauta)

Fonte (Matéria: O Globo) – Praças da Tijuca sofrem com abandono e insegurança

Read more: http://oglobo.globo.com/rio/bairros/pracas-da-tijuca-sofrem-com-abandono-inseguranca-8735220#ixzz3EEjTqISb

Confiram mais notícias e novidades pelo Facebook do Mundo Pauta.

Anúncios