“Você possui voz ativa na produção, além de gerenciar, criar estratégias, ainda assume diretamente os resultados no Euro Truck Simulator 2.”

Um dos gêneros que mais me atrai no universo dos games, são os simuladores. Eles são capazes, mesmo que em muitos casos muito distantes da realidade, de ‘simular’ uma situação. Desde de simuladores de aviões, a carros, simuladores decidade, empresas de logísticas ou mesmo hospitais, era um sinal particular de um lado meu para administração.

De uns tempos para cá, alguns simuladores que apenas traziam a experiência de pilotar um Learjet de 20 toneladas sob as nuvens, apenas oferecia a oportunidade de ser um piloto enfrentando desde de falhas nos sistemas em uma tempestade ou mesmo pousando numa fina camada de terra. Mas poucos ainda oferecem um simulador e um painel de gestão.

Euro Truck Simulator 1 lançado em 2008 não se compara ao seu sucessor. Apenas com a oferta de dirigir um caminhão pelas estradas e entregando pacotes para outras empresas, você podia apenas comprar outros veículos quando atingisse uma receita específica. Em 2012, a sequência do simulador, que permite viajar por boa parte da Europa evoluindo no mercado de trabalho, permite que você possua sua empresa.

Espera. Aqui não funciona apenas com um carregamento simples de ponto A-B e Bum. Uma receita incrível no final do trabalho. Como na vida real, existem lucros e despesas. Primeiro você começa como um trabalhador freelancer que aceita contratos de outras empresas, transporta isso e aquilo, muitas pessoas iniciam assim no mercado de trabalho.

Você dirige o caminhão, isto é, o responsável direito pelo sucesso do negócio.

Mas cuidado, se avançar o sinal, bater, ir na contramão, ultrapassar a velocidade permitida, danificar a boleia ou a carga, ainda se atrasar, as contas vão para o vermelho. E mais, nem aqui você se livra do pedágio. É preciso tirar do bolso também dinheiro para pagar o barco ou trem para ir de um continente ao outro.

Se seu veículo estiver danificado, está na hora de passar numa oficina, que só existem cidades. Seu motor, rodas ou sistema elétrico começa a falhar. E mais, já checou seu tanque, sem gasolina o seu ganha pão não anda. Se ainda achou que os obstáculos acabaram, sem descanso, sua performance cai em muito, é bom parar num hotel de estrada.

E sobretudo, não peguem empréstimos, os juros por parcela é de 20%. O pagamento é diário, e você vai ter que trabalhar por dia para conseguir pagar o banco, senão o que você comprou por ele, vai embora e ainda tem a possibilidade de ficar no vermelho. Não parece muito a realidade? Euro Truck Simulator é tão fiel, que é minucioso cada passo seu ao ter sua empresa.

Quando você trabalha para os demais, é normal que encargos sejam pagos, certo? Se você danificar o caminhão, quem paga é seu empregador. Na sua empresa, menos de 10% de dano por cada parte, equivalem a quase 10.000 euros. Cada contrato lhe paga, cerca de 2.000-8.000. Não pense que é moleza, se infringir muitas regras, o valor total pode sofrer uma redução significativa, e no final, você não ganhou, apenas pagou as despesas.

Aqui batemos no ponto do empreendedorismo, não apenas o lado negativo é óbvio. Mas quando você pensa que a empresa cresce junto a sua performance, portanto o que você produzir, é justamente a receita para seu lucro e quitação de despesa, é estratégico pensar que, você não deve arriscar o que você não pode oferecer. É a primeira lição do empreendedor.

A segunda, como no jogo, é possível adquirir experiência. E com ela conquistar certificados, para lhe garantir o direito de transportar cargas especiais. Quem se lembrou aqui do certificado do Google Adwords que precisa ser renovado por ano para garantir qualidade a sua firma no mercado? Se você parar de treinar, ou não se tornar um perito no que faz, a tendência é de não conseguir bater seus objetivos, no simulador a dica é dirigir todos os dias, assim cada vez mais terá facilidade em dirigir um caminhão super pesado a 80 km/h por estradas finas.

Não adianta comprar um caminhão possante, quando você não assegura sua direção, ou chegar a tempo, ou mesmo minimizar ou anular qualquer infração que seu veículo vá cometer no trajeto. Se você conhece o caminho, sabe que desafios esperar, já é meio caminho andado para garantir mais receita, concluindo mais exposição positiva da empresa (que permite inclusive o banco aumentar seu teto de empréstimo).

Do contrário vai trabalhar por horas, e perceber no final que não teve lucro, pois o que você gastou foi maior que a jornada. O simulador também permite lidar com Recursos Humanos, sim, contratar pessoas para ajudar a aumentar o lucro empresarial. Mas de lá para cá, temos alguns detalhes a tratar, o ETS2 não possui um sistema complexo de leis trabalhistas.

Mas fala sobre salário hora, performance, habilidades e comissão da empresa recrutadora. Há um pouco da nossa realidade. Pense como seria um gestor, ao selecionar um candidato para sua empresa, que precisa de um caminhão por motorista, além do seu, o custo que é por mês, e o quanto ele vai produzir, lembrando que depende muito da sua produção, de que ele ganhe o salário dele e você o mantenha ativo.

Com certeza que as variáveis do jogo não se comparam com as que nós presenciamos na realidade. Mas temos uma experiência muito breve do que significa treinamento, gerenciamento, contratação, receita, impostos, banco, concorrentes e Marketing.

Anúncios