Se você considera o Marketing como uma ferramenta de gerenciamento de crise, e só o utiliza para alavancar vendas, e superar momentos que seu negócio parece ser sobrepujado pela política, comércio e concorrência. Pára tudo!

Outro dia compartilhei uma notícia que saiu no Jornal Extra no caderno ‘Vida Ganha’ que falava sobre o uso do Marketing como solução para pequenas empresas e negócios em tempos de crise. Um discurso simplista para dizer no mínimo sobre a importância do Marketing. Ao mesmo tempo que a notícia particulariza a essência de ter o Marketing, parece que ela desloca o mesmo para o longe do que realmente o representa.

O investimento do Marketing é caro. Mas não ter um ‘setor’ do mesmo em seu negócio, garante também que qualquer outro investimento seja mais caro do que ele.

reclamacao-telefonia

Marketing, você já deve ouvido ou lido em algum lugar, não significa simplesmente vendas. Sim, parece ilógico pensar assim. Mas vou explicar. Marketing tem muito mais haver com estratégia, do que com ação. Mas não o coloque na caixinha da resposta pronta. Quando falamos de estratégia, estamos falando de como é que tudo vai funcionar, quem vai fazer, para quem vou me direcionar, que riscos e oportunidades possuo, enfim, parece que sem o Marketing não há o negócio.

Se o seu Plano de negócio (PN) não prevê o Marketing juntamente dos seus passos, e preferir adotar seu instinto,é só se lembrar que nossos sentidos como seres humanos não funcionam perfeitamente o tempo todo. E os planejamentos sempre nos fornecem alternativas quando o ‘apagão’ ocorre. Sem planos, sem resultados. É uma regra que vale ouro. E agora que você sabe disso, parece que dispensar o Marketing como a via principal é um tanto arisco. Não concorda?

builder-marketing-professional.png

A notícia é excelente, mas vamos agora nos posicionar com o que sabemos sobre Marketing e parafrasear a manchete — “Marketing planeja todos os negócios a todo instante, usufruindo inclusive da crise como oportunidade”. Por quê? Marketing é como os 5 sentidos, e a extrapolação, porque não dizer, do sexto sentido. Sem os nossos sentidos, somos incapazes de nos manter em pés, de atentar para perigos, de nos comunicarmos, de vivermos, sobrevivermos…preciso continuar?

O inimigo na visão do empresariado seja brasileiro ou estrangeiro, é saber o conceito de Marketing. Nisso consiste o problema de só adota-lo como recurso ‘caro’ para tempos de vacas magras. Outro dia estava lendo um termo novo, que se autodenomina ‘Growth Hacking’, fiz algumas pesquisas e conclui que o item precioso é na verdade outro nome para Marketing Digital com algumasdefinições personalizadas de quem o usa: Ora é uma união entre T.I e Marketing, no outro quesito é gerenciamento de produto e por aí vai.

Não complica, senão ‘todos’ nós trumbica.

3830a911b006e27ac5fc69b2c79c9744.jpg

Normalmente achamos que Marketing só ocorre em empresas graúdas. Aquela jogada possante da Coca-Cola? A comunicação da Apple? Mas…não. Marketing tem sua importância na ordem de tudo. E sem ele, sem ser ameaçador, que sem sua mobilidade, sensação, audição e visão, como seria o mundo para você? Incerto? Perigoso? Adrenalina? Pretende adotar medidas somente quando cair de uma escada, bater na parede, se queimar, ou prefere planejar para que no num momento próximo você possa desfrutar desses empecilhos?

Marketing é muito mais que vendas. Mais que 4 Ps, mais que apenas gerenciar crise. Pense num plano que você faz para sua empresa viver, superar e crescer. Num pensamento que tudo pode se tornar oportunidade, ao invés de virar obstáculo. Defina: Estratégia.

crise-financeira-01.jpg

Consiste, o papel do Marketing, em avaliar se em qual grau seu negócio funciona, baseado em pesquisa de mercado. Há muitas maneiras de manter tudo funcionando.

Pense na seguinte frase — “Investir em redes sociais exige custo zero. Mas é custo zero porque há planejamento. Sem planejamento, nada é gratuito. Não estamos apenas falando de custo financeiro. Estamos falando de legado, valor, cliente, percepção, audiência e qualidade. Se não incluir essa ‘pequena lista’, seu maior problema vai ser aceitar pagar o que era ‘gratuito’.

A comunicação é sempre estratégica.

#RafaelJunqueira #Marketing #Comunicacao #JunqueiraConsultoria #Estrategia #Publicidade #Propaganda

Anúncios