Criar uma forte presença na internet é o desejo de toda marca. Vou descrever em 5 etapas (mas não únicas) de como tornar o ambiente digital um recurso de vantagem para a sua imagem. E como essa ação pode impactar seu público.

1. Crie uma persona para sua marca.

Personas são perfis construídos que se diferem da sua personalidade real. Não pense que é ser falso, mas na verdade criar uma representação do negócio como que o seu público procura. Com certeza que não existe de fato um rato chamado Mickey, mas Walt Disney o fez com uma conexão tão forte, que ninguém discute. Apenas que é um mundo mágico.

Elas servem para definir um arquétipo que promove o seu negócio com mais facilidade. As pessoas aderem a valores quando se identificam com eles. Adotam personagens na mesma proporção. O cuidado é que esse personagem não pode carregar falsas promessas ou fatos exagerados, precisa ser um ‘desejo’ concretizado, mas um personagem crível e que todos querem ser.

2. Comunicação direta

Promover campanhas que surtem efeitos contrários aqueles pretendidos é um exemplo a não ser seguido. Toda vez que uma ação publicitária baila muito sem oferecer concretamente benefícios – que possam ser adquiridos – ela fracassa. Portanto a comunicação precisa ser coesa e direta. Brincadeiras a parte, mas sempre com uma relação comercial séria.

Lembre-se que apesar do uso do termo encantamento seja corriqueiro, ainda vai permanecer – Produto com qualidade nas mãos de quem o comprou. Se isso não acontecer, pode contratar o melhor roteirista e produzir o melhor show que será apenas dinheiro (e muito) gasto.

3. Crie consistência

Ser persistente é a definição de uma marca. Dentro da internet ser original, único e disciplinado permite que você crie uma assinatura. Tem pessoas que fazem saudações pessoais, outras que trazem uma vinheta, outros que são conhecidos por terem peruca colorida, sapatos enormes e um grito estridente. Se você muda muito de ares, essa memória se desconstrói o que impede que seu público se prenda em algo.

Por isso planeje como quer que sua marca seja lembrada por 10 anos, 5 anos e pelo próximos 6 meses. Lembrando que reinvenção é uma das táticas mais poderosas que você vai querer usar. Então quando for mudar alguma coisa, lembre-se, convide a todos para ver o processo. Quem não gosta de fazer parte?

4. Concentre-se em um canal

É bom ter contas sociais em todas as TOP redes que a internet possui. Facebook, Instagram, WhatSapp, Youtube, Reddit, Twitter, Snapchat, Linkedin, Pinterest. Mas demanda tempo, avaliação e resultados. Uma só rede social avalia membros que se comportam de uma mesma maneira, muda algo aqui e acolá.

Se é importante criar uma posição na rede, sugiro duas contas iniciais. Assim é possível criar uma presença. Escolha uma que está extremamente ligada ao que você oferece, e outra para ser o hub de divulgação (uma espécie e baía que todos os barcos zarpam e aportam).

5. Crie conexões e diálogos

Se estar na rede já é um chamativo claro de fazer conexões, aqui é importante ter conexões que tem mão dupla. Você produz conteúdo e a pessoa quando o absorve também retorna algum tipo de resultado. Seja um feedback, uma divulgação, um comentário. Seu trabalho é retornar uma reação. Se houver apenas recibo ou envio, não é uma conversa.

Se você quer seu trabalho na rede, é preciso reconhecer que o reconhece. Mas não saia dando respostas para todos lados apenas para conseguir relevância. Seja tático, se você vende flores, não vai querer comentar arranjos por 50 reais num episódio icônico do Walkind Dead, pois essa ação não vai lhe render nenhum retorno (compra), talvez views…no máximo.

Anúncios