Neste artigo você vai ler sobre Design para Web, os 8 Ps do Marketing de Serviço, elementos do Webdesign e a relação Design UI e UX.  (Tempo de leitura: 15 minutos)


Webdesign é uma estratégia do Design que atua em específico na publicidade. Durante o desenvolvimento de um site estamos criando um canal de comunicação entre o negócio e o público. Naturalmente que destacar que Webdesign é um Design da rede tem o objetivo de destacar que o desenvolvimento de websites e sítios está dentro de um conceito mercadológico. E que portanto seu planejamento é fundamental e parte significativa de sua estratégia.

Sites são como uma piada. Se precisam de explicação. Ele não funciona.

O principal objetivo de se ter um website é de tornar a informação clara e precisa a quem lê. E imediatamente gerar um CTA (Call to Action – Chamada de ação) com o foco em conversão (Ação que gera compra). Você monta uma site e-commerce, é claro que você quer vender. Mas um site em caos, sem estrutura e organização de informação, cria evasão (Rejeição) e sua relevância se torna cada vez mais baixa em relação aos seus concorrentes digitais.

Toda ação dentro do processo condiz com uma venda. Se o site permite interação, ela deve resultar em uma ação efetiva entre cliente e marca.

Um projeto de Webdesign é semelhante a construir uma loja física – clique aqui para assistir a Loja Conceito da Samsung. Você vai precisar de um bom lugar, bem localizado e bem construído. Todos gostam de entrar em um ambiente bem iluminado, aberto e convidativo. Nada complicado e com o objetivo direto. Uma loja de sapatos, vende sapatos. Se você entender algo diferente disso não é um design responsivo.

Há alguns elementos sobre Webdesign importantes:

  • Usabilidade
  • Layout
  • Internet
  • Conteúdo
  • Gerenciamento de Conteúdo (CMS)
  • Social Media
  • Website

Dentro deste ambiente digital podemos destacar um mix  conhecido como Marketing de Serviços que no lugar de trabalhar com apenas 4 Ps, trabalham com 8 Ps.

  1. Preço (Custo ou Investimento)
  2. Promoção (Comunicação)
  3. Produto (Serviço ou Produto)
  4. Praça (Físico ou Virtual)
  5. Palpável (Conceito abstrato ou concreto)
  6. Processo (Etapas ou Fases)
  7. Pessoas  (Stakerholders)
  8. Produtividade (Resultados)

Design UI (Interface do usuário) e UX (Experiência do usuário) trata da relação da funcionalidade somado a percepção do usuário. O que devemos compreender é o quanto que essa interatividade que o design pode construir seja eficaz, é conseguir aliar este efeito a uma experiência que o usuário possa perceber o valor da marca. Quando vemos uma pessoa entrando numa loja e ela diz – “Só estou olhando“, o que você está oferecendo não despertou interesse o suficiente.

Obs: Design UI e UX não são particulares ao meio digital.

Design UI permite que o seu visitante inicie a chamada jornada de compra, que através de informações e CTA (Call to Actions) ele possa tomar uma decisão do que ele procura. Um menu mal posicionado, ações duplicadas, embaralha o meio de campo e deixa o seu visitante confuso com a proposta.

Confuso ou focado, seu visitante vai criar um histórico do experimento a qual no final da interação, ele vai decidir se continua ou vai embora. Se você oferece limonada – seu cliente precisa conseguir transmitir essa informação para outras pessoas. Você vende limonada.

E precisa de um Design UX para que a reação a interação possa contribuir para a tomada de decisão. As pessoas decidem comprar por uma reação emocional. Clique aqui para assistir uma campanha da Nívea que ilustra muito bem a ideia de ambos os conceitos.

Glossário.

  • Design Responsivo – Atende a demanda, o cliente acha o que procura.
  • CTA – Call To Action é um termo que significa induzir a uma ação (Comprar, ler, compartilhar)
  • Design UX – Experiência emocional e racional do cliente
  • Design UI –  Interface de interação do client
Anúncios